ProteGEEr

ProteGEEr promove discussões sobre gestão sustentável de resíduos em congresso internacional

Por ProteGEEr, publicado em 07.06.18, última modificação em 18.06.18
ProteGEEr promove discussões sobre gestão sustentável de resíduos em congresso internacional

Palestra durante o Congresso Cidades Lixo Zero (Créditos: GIZ)

Os principais desafios para viabilizar a redução de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE), melhorias na gestão de resíduos sólidos urbanos (RSU) no Brasil e o acesso a linhas de financiamento nesse setor foram alguns dos temas debatidos no painel técnico do ProteGEEr durante o Congresso Internacional Cidades Lixo Zero, realizado em Brasília entre os dias 05 e 07 de junho. O painel contou com a participação de mais de 100 inscritos, entre especialistas em gestão de resíduos, gestores públicos e estudantes universitários

Realizado pelo Instituto Lixo Zero, o evento promoveu palestras, painéis workshops e exposições para a mobilização e o engajamento dos setores público, privado e acadêmico para a promoção de uma gestão mais sustentável de resíduos no país.

Além de participar com palestras, o painel do ProteGEEr também promoveu uma troca de experiências entre representantes do Brasil e da Alemanha. Durante a palestra de abertura, com o Prof. Klaus Fricke (TUBS), a expertise alemã nesse setor foi discutida com a apresentação dos principais métodos de tratamento biológico de resíduos usados internacionalmente. Do lado brasileiro, representantes dos Ministérios do Meio Ambiente e das Cidades apresentaram as principais políticas públicas federais que estão sendo fomentadas no setor.

Segundo, o Coordenador de Resíduos Sólidos do Ministério do Meio Ambiente, Lúcio Proença, painéis técnicos como este, são fundamentais para divulgar conhecimento e estimular iniciativas que contribuam com a redução de emissões no setor, como por exemplo o tratamento de resíduos sólidos orgânicos, que não deveriam estar chegando nos aterros sanitários. Adicionalmente, Jan Janssen, Coordenador do ProteGEEr junto aos municípios, destaca a importância do alinhamento entre as políticas públicas nacionais e as iniciativas locais para potencializar os impactos de projetos sustentáveis no setor de RSU.

Quer saber mais? Acesse as apresentações do painel no site do ProteGEEr