Federação das Indústrias do Estado de São Paulo

Ford, Habitar e Eletropaulo vencem 24° Prêmio FIESP de Mérito Ambiental

Por ProteGEEr, publicado em 05.06.18, última modificação em 21.06.18
Ford, Habitar e Eletropaulo vencem 24° Prêmio FIESP de Mérito Ambiental

Créditos: FIESP

O Prêmio Fiesp de Mérito Ambiental é uma das principais iniciativas de reconhecimento das ações da indústria na área de sustentabilidade. Foram mais de 400 projetos inscritos nos últimos 10 anos, e os números comprovam o crescente engajamento das empresas em questões ambientais. A edição deste ano teve o recorde de projetos inscritos. Foram 65, de 57 empresas, conforme enfatizou Nelson Pereira do Reis, diretor titular do Departamento de Desenvolvimento Sustentável (DDS) da Fiesp e do Ciesp. “Os bons números traduzem o reconhecimento dos esforços empreendidos pelas empresas, bem como a evolução de seus índices”, disse.

A Ford Motor Company Brasil venceu o 24º Prêmio Fiesp de Mérito Ambiental entre as empresas de grande porte. Na categoria de pequeno porte, a vencedora foi a Habitar Construções Inteligentes. Em responsabilidade social, o prêmio foi para a Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo. O anúncio foi feito nesta terça-feira (5 de junho), no final do primeiro dia das atividades da Semana de Meio Ambiente da Fiesp.

O projeto que deu o prêmio à Ford foi o Manual para indústria alcançar o resíduo zero para aterro. Ele engloba diversos fatores, como a diminuição de resíduos gerados, maior quantidade de produtos em reúso e reciclagem, incentivo para a educação ambiental, além de ideias inovadoras. O projeto envolveu os colaboradores de todas as plantas com o seguinte foco: gerenciamento de resíduos, desde sua origem até a destinação final, com etapas padronizadas que contemplam adequação de estrutura; caracterização dos resíduos; triagem; armazenamento do resíduo; estudo da possibilidade de reaproveitamento do resíduo gerado; avaliação de parceiros ambientais e empresas recicladoras; disposição final adequada; avaliação das possibilidades de prevenção ou minimização da geração de resíduos; monitoramento do processo contínuo; ecoeficiência da coleta seletiva e conscientização.

Para ler mais, clique aqui