GAUCHAZH

Separação incorreta do lixo faz Porto Alegre deixar de reciclar mais de 200 toneladas de materiais por dia

Por ProteGEEr, publicado em 06.04.18, última modificação em 16.04.18
Separação incorreta do lixo faz Porto Alegre deixar de reciclar mais de 200 toneladas de materiais por dia

Unidades de triagem e reciclagem de lixo foram renovadas e contam com a força de trabalho de centenas de famílias (créditos: Remi Sosmoski / TSPA)

Uma sociedade mais sustentável, com melhor aproveitamento de seus recursos e novas oportunidades de geração de renda pode ser construída com atitudes simples, mas que dependem do envolvimento de toda a população. Diariamente, uma fonte de recurso para centenas de famílias de Porto Alegre vai parar no lixo: segundo o Departamento de Limpeza Urbana (DMLU), das 1,2 mil toneladas de lixo que são enviadas diariamente para o aterro sanitário, 23% – ou 276 toneladas/dia – são de materiais recicláveis misturados com resíduos orgânicos. O custo total de destinação é de, aproximadamente, R$ 770 mil por mês. Gasto que poderia ser transformado em fonte de renda se o material fosse encaminhado corretamente via Coleta Seletiva.

Para ler mais, clique aqui